Vida

1 set

Se há alguém a quem devo desculpas, esta pessoa sou eu mesma.

Onde foi parar os últimos dois meses da minha vida? Sem registros? Pensamentos soltos traduzidos em palavras?

Você pode pensar, “Tadinha, a moça tem Alzheimer?” Não sei se a doença é essa, mas não lembro nem a roupa que usei ontem, quem dirá o que fiz, com direito à narração de detalhes especiais nos últimos meses.

Quanto ao hoje…

O programa de estágio virou história e o que tenho é o cartão para bater todos os dias, das 8h às 18h. As responsabilidades aumentaram (sem hipocrisia, o salário também!), os pensamentos já não cessam quando deito no travesseiro, e os pesadelos sonhos da madruga muitas vezes são atividades pendentes do schedule. O anseio e receio pelo novo, os desafios, aquilo que se imaginou tomando forma…e a certeza de que há um propósito perfeito para tudo o que Deus faz, em Seu tempo perfeito.

O TCC foi abandonado na noite de hoje (e em todas as outras desde a apresentação do projeto), não escrevi uma linha sequer desde junho. Como minha orientadora provavelmente não tem acesso ao blog e o que importa para ela é que no final de setembro ele esteja 50% pronto…bom, pensei que ia chegar em uma conclusão, mas não. Tenho duas semanas para escrever metade do final do trabalho e fiz nada, mas nadinha mesmo até agora. Não estou me gabando não, dá vergonha! Não tanta vergonha que sentiria se não fizesse nada da life e tivesse o bicho preguiça nos neurônios. Como sempre, meu amigo tempo passa correndo por mim, antes mesmo de eu conseguir chamá-lo para sentar do ladinho e acalmar.

Prometo para mim mesma que vou entregar tudo dentro do prazo e dar meu melhor como no semestre anterior.

Uma lembrança do mês passado é que finalmente visitamos nossas famílias. Não tivemos nenhum final de semana de sossego, mas valeu a pena. Com as horas de folga para compensar do período de estágio, fomos em um final de semana a Concórdia e no outro a Joinville, foi muita estrada e muita comilança…e o tamanho da saudade parece que não diminuiu. Alguém avisa minha mãe que não se casa a filha e depois vai morar 500km longe dela?!

Outro highlight de agosto foi o casamento da Jaie e do Tuco, nossos afilhados lindos! Sem palavras para o grande dia deles, que nasceu primeiro no coração de Deus e se cumpriu perfeitamente da forma como deveria…cheio de amor!

Setembro está previsto para ser outro mês de fortes emoções.

Próximo domingo tem o chá da minha princesa amada que casa dia 27, nós, madrinhas lindas, estamos nos corres para ajudar em tudo possível para fazer dessa primeira lembrança do casamento o mais inesquecível possível para ela.

Nesse mesmo domingo voltamos com os cultos em inglês na igreja, mais uma ferramenta para apresentar ao mundo o cara mais awesome que já existiu: Jesus!

Logo em seguida chega a semana da primeira viagem internacional a trabalho aqui na América do Sul, cinco dias visitando clientes, apresentando novos produtos e aprendendo a ser gente do mundo.

E por onde anda meu marido? Ao meu lado, apoiando em tudo como sempre, me tratando como talvez eu jamais merecesse, com aquele amor que sabemos muito bem de onde vem…do coração de Deus! Meu amor também anda nos seus corres, empresa, ministérios de louvor, curso de liderança, e ainda tem eu pedindo para deixar tudo e ficar comiguinho – como se eu conseguisse fazer isso também.

Tento ao máximo aproveitar os momentos que são realmente importantes, mas eles passam tão rápido. Sinto tanta falta da minha família, de sentar cazamiga, comer besteiras e rir de coisas muito, mas muito idiotas. Ficar de pijama o dia todo, comer hot pocket e tomar coca estupidamente gelada. Ler todos os livros do Harry Potter de novo. Ler todos os livros da Agatha Christie de novo. Assistir os top filmes acompanhados de picoca com meu amor. Estar 10kg menos boto. Amar ir na academia. Ter amigos de verdade. Ser quem Deus me criou para ser.

Muita filosofia por um dia…mas sabe-se lá quando vou voltar por aqui.
Reminder to myself: come back soon!

PS. Querido Dumbledore, quando quiser se desfazer da sua penseira…

10958_323555544471618_3304625659241896045_n.jpg (640×960)

What a day

5 ago

Chame de momento emo se você quiser, mas…

Sempre ouvi mais do que falei e, amo ser uma boa ouvinte.
On the other hand, não sou de abrir o coração todo dia, sempre que algo acontece. Tenho uma dificuldade imensa de me expressar.

Mas é engraçado como às vezes que mais precisei (nada de trágico, desesperador, terrível, milagroso…não! Só uma necessidade gigante de compartilhar algo – talvez bobo) não tinha ninguém disponível pra mim.

Só Jesus mesmo.
Ainda bem que Ele é suficiente!

Bom, a vergonha na cara está aqui mesmo, e tudo indica que o tempo para meu lugar preferido está começando a aparecer.

Beijos pra mim.

Knowing Jesus

Oi!

1 jul

Não vou nem fingir que nada é nada e escrever como se o último post estivesse fresquinho. Vim mesmo é tirar a poeira!
E nada de varrer para debaixo do tapete.

A verdade é que nem sei por onde começar.

Bom, se você acha que ser estagiário é uma super vantagem principalmente por trabalhar apenas 6h por dia, o engano é sim, redondo. Posso contar nos dedos de uma mão quantos dias fiquei coçando em casa, a ver navios. Foram muito poucos.

Os primeiros seis meses passaram (esse passaram significa Março), muita experiência adicionada na bagagem. Para rodar o mundo, faltou apenas trabalhar com América Central e América do Norte. Comecei na América do Sul, passei por África e Extremo Oriente, depois Oriente Médio e uma raspadinha na Europa. Logo, de volta na América do Sul.

É óbvio que esses passeios todos foram eletrônicos e telefônicos. Já viu estagiário rodar o mundo visitando clientes?

Não sei como mas na minha linha cronológica mental, de março venho parar em junho. Nesse meio tempo foi muita preocupação com o tcc e poucos dias gastos para realmente fazer algo. As 50 páginas foram desenvolvidas em 4, no máximo 5 dias. Pode ser um problema ou uma vantagem, mas 1h, 2h, não bastavam, não conseguia fazer nada! Precisei de manhãs inteiras, tardes inteiras, dias inteiros para que algo saísse do teclado, e no fim gastei muito tempo a menos que o imaginado e esperado.

A entrega do projeto impresso foi um dia antes do meu aniversário.

E já que esse 2.2 apareceu por aqui, vale a pena relembrar, foi uma semana memorável. Não um dia, uma semana! Começou no sábado anterior ao dia 12 de junho, onde fui muito bem enganada pelas meninas da dança e ganhei uma festinha surpresa na minha própria casa. Detalhes a parte, nunca tive uma festa tão surpresa! Amei principalmente o amor delas em arquitetar tudinho sem que eu desconfiasse 1%.

Pulando o domingo, segunda e terça pré entregas de TCC, passo direto para quinta. Bolinho no trabalho, jogo do Brasil, jantar romântico e noite muito bem aproveitada ao lado do maior amor do mundo. A comemoração foi estendida até o domingo, em Gramado. Preciso sim dizer, que foram dias maravilhosos. Descanso, aproveitar o melhor da companhia do homem que escolhi para estar sempre ao seu lado, nos dias lindos e nos terríveis também. Nesse caso foram só dias lindos, chuvosos, frios e de muita comida.

E no meio dessas comemorações todas, foram muitos presentes. Eu amo presentes!

Continuando, a memória mais recente passa para semana passada: dia de defesa do projeto de tcc para a banca.
Para a glória de Deus, foi muito melhor que imaginei! Muitos elogios e um 10 bem redondo! Espero conseguir manter a qualidade para o próximo e último semestre, na defesa final do trabalho. Foi uma etapa concluída com muita alegria e esforço, e com o apoio importantíssimo das pessoas que mais amo, meu amor, família e amigos E claro, todos os créditos vão para o criador dos céus e da terra, meu Senhor Deus!

Assim, não sei como mas, pensei que os dias iam passar mais devagar, teria menos coisas a fazer. Só que não!

Ontem participei do primeiro fechamento na empresa, até o fim. Saí de lá depois da meia noite, com três refeições muito bem distribuídas, algumas idas ao banheiro e muito trabalho. Fora o cansaço mental, foi um ótimo dia de trabalho em equipe e de colocar mais bagagem na mala. Hoje não sei como, mas consegui almoçar só as 15h e trabalhei algumas horas a mais também. Parece que ao invés de diminuir o trabalho aumenta, e tenho a leve impressão que isso é algo bom.

Hoje, estou aqui.
O primeiro dia após dezenas de outros o qual consegui sentar, parar e escrever. Que saudades! Ouvir os próprios pensamentos e lembrar quem sou. Essa sou eu! Bem assim.

Em férias da faculdade, momentos de transição no trabalho, preparando apresentação do projeto do estágio, pensando no próximo semestre do TCC, buscando algumas horas para não fazer nada, morrendo de saudades da família.

Deus tem me ensinado tanto! E essa correria da vida não se compara aos momentos que consigo calar o mundo ao meu redor e ouvir Sua voz.

Espero voltar em breve, infelizmente não tenho a penseira do Dumbledore, preciso registrar meus pensamentos…

amor.jpg (496×640)

Ashi Ross

think big

12 de junho!

12 jun

Vim dar as caras para lembrar ao mundo que é meu aniversário!

E dia dos namorados!
E 4 anos que comecei a namorar com meu marido!
E 1 ano e 5 meses que estamos casados!
E se não bastasse, ainda tem World Cup no Brazeeel!!

Estou atolada de trabalho, mas poxa vida, quero ler sobre meus dias 12 de junho daqui alguns anos e lembrar com carinho.
Só por esse dia chegar ele já é especial! São 22 anos, e ao acordar só consegui agradecer a Deus por tudo, tudo mesmo, um sentimento de gratidão sem tamanho. E quero viver esse dia todo assim, grata!

Para completar, amanhã tem viagem para Gramado! #ilovebooking.com

Grande beijo para você que ainda passa pelo Faça Tudo com Amor, logo volto com um update geral dessa vida corrida!

#bdaytai #22 #letallbedoneinlove #façatudocomamor #obrigadaDeus

A fundamentação

27 mai

Teórica, é claro.

Para compensar a sexta feira dramática e, bom, sem mais palavras, ontem passei mais de 10 horas com os glúteos perdendo tempo de exercício relaxados na cadeira, em frente ao computador, redigindo 15 páginas da bendita fundamentação teórica.

Hoje foram mais 4 horas para complementar, revisar, agregar os parágrafos voadores e perceber que o nó estava feito e muito bem amarrado nos fios já emaranhados do meu cérebro.

Enviar para a orientadora: checked.
Até ela retornar ganho mais uns 3 dias de descanso mental, o qual durará pouco já que a entrega final é em exatas duas semanas. Lembrando que este é apenas o PROJETO.

Semestre que vem tem mais meus caros!

As semanas tem sido cada vez mais desafiadoras em todas, mas todas mesmo, áreas da minha vida.
Ainda bem que no céu tudo está na santa paz, e meu Deus continua o mesmo, no controle de tudo isso!

O leão de hoje já foi, amanhã tem mais.

Beijos!

Sem título

24 mai

00:27.

Até o momento tive 8 horas livres. Poderia ter lavado a louça, arrumado o guarda roupa, lavado roupa e feito muito TCC.

Sujei mais louça, guardei roupas nos lugares errados, sujei mais roupas e escrevi zero palavras do TCC. Não é exagero não, foram zero palavras mesmo. Tipo nada. Nenhuma. Nem uminha.

Perdi tempo na internet.
Comi pizza congelada.
Tomei coca.
Me perdi em pensamentos…
Comi chocolate.

Assisti pregações. Ouvi músicas.
Me perdi em pensamentos…

00:39

Apaguei, escrevi. Apaguei, reescrevi.

Desisti.

There is no one else for me, none but Jesus
Crucified to set me free, now I live to give Him praise
None but Jesus – Hillsong

7 bilhões e eu

14 mai

Devaneios mode on.

Pare e pense.

Neste exato segundo, existem mais de 7 bilhões de pessoas no mundo (você que é fã de Friends certamente já se perguntou o que a Jennifer Aniston estaria fazendo agora).

Não cabe em nossa mente que cada uma destas 7 bilhões estão vivendo o mesmo momento que nós, agora. Ou que este minuto que passou jamais voltará. Ou que não fazemos a mínima ideia de como será o dia de amanhã.

E não é maravilhoso?

Apenas uma pessoa em toda a história da humanidade sabe muito bem tudo, mas tudo mesmo, o que se passa. Sim, O próprio. Ele é onipresente – está em todos os lugares ao mesmo tempo, onipotente – tudo pode, nada é impossível para Ele, e onisciente – Ele sabe de tudo!

Ele sabe que sua vida pode mudar do dia para a noite, que seus desafios podem dobrar de uma hora para a outra…literalmente.

Amanhã tenho uma apresentação relativamente (dependendo do ponto de vista, muito) importante a fazer no trabalho. Sabe aquela velha história de vender peixe? Tô de saco cheio do meu cardume! Não pode sobrar uma escaminha.

Ainda que em cima do laço, vou fazer minha parte, mas a maior tranquilidade é saber que Ele já tem tudo preparadinho, e que posso ter a certeza de que Sua vontade e Seus planos prevalecem acima de qualquer circunstância.

Espero ter boas notícias em breve.

E se não tiver…bom, vou escolher melhor meus peixes!

#behappy #beyourself

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 289 outros seguidores