O que fazer quando não se sabe o que fazer

Assuntos complexos merecem títulos desconcertantes.

Vai dizer que você sempre soube o que fazer da vida?

Eu sim. Tinha 9 anos e queria estudar na federal de Curitiba, cursar direito e ser promotora. Aos 14 adicionei ao currículo futuro estudar relações internacionais e trabalhar na ONU. Aos 17 estudava das 7h às 20h e mesmo assim não passei federal POA. Hoje, aos 20, estou no quinto semestre de Relações Internacionais em uma faculdade particular que não supre minhas infinitas afinidades com matérias político-econômicas. Trabalho com importação e exportação = comércio exterior – e se surgiu dúvida, não é a mesma coisa e não se compara às vastas possibilidades do leque de um internacionalista bem formado que tanto admiro.

Sou casada e meu marido tem uma empresa sediada em Criciúma.
Se não bastasse a falta de requisitos,  a ONU no Brasil é em Brasília e a sede em New York City.

Para bom entendedor, estou longe de concluir o que sempre achei que queria fazer. Sou a pessoa mais feliz do mundo ao lado do meu amor, completa em tudo o que Deus me proporciona, mas tenho certeza que minha profissão hoje não é minha vocação – o que não quer dizer que a encontre no escritório pertinho do Ban Ki Moon.

Sexta feira tivemos um encontro de jovens chamado Pra lá dos 21, estávamos em mais de 40 jovens conversando, trocando ideias, tirando um tempo pra estar junto, sabe? E um pastor levou uma palavra, falando sobre nossa vocação, vida profissional. Foi demais! Ele falou sobre isso, a dificuldade de saber se estamos fazendo a faculdade certa, como escolher a área de atuação. E dá pra resumir em: ter a paz e direção de Deus no coração. Ele sabe de tudo! Ele me fez, desde o fio de cabelo até o meu dedinho feinho do pé e conhece todos os meus pensamentos, cada cantinho do meu coração. Mesmo que hoje não me sinta no âmbito ideal, tenho um propósito por estar ali, seja de aperfeiçoamento, de fazer parte da vida de outras pessoas, de crescer “pra dentro“.

Quanta gente passa a vida toda fazendo algo que não gosta? Ou escolhe a profissão por remuneração? Ou nem tem escolha?

Sim, sim, sim. Sou super nova, tenho um mundo de possibilidades e bla bla bla.

Eu espero em Deus essa direção e essa paz para tomar as melhores decisões, trabalhar com vocação e fazer a diferença onde estiver.

Falando nada com nada, mas falando o que bate no peito – checked!

tumblr_m7l1kvQs371qz4d4bo1_500

Anúncios

5 comentários sobre “O que fazer quando não se sabe o que fazer

  1. Adoro seus posts!
    Quando eu era nova,meu sonho era ser professora,entrei na faculdade,e hoje minhas vontades são outras,meus sonhos também!
    É a vida!

    Bjoss

    Curtir

  2. Taai, “nada com nada” mas falou tudo hehe foi muito bom ler esse texto, estou em uma situação bem parecida e essa palavra me conforta! Beijoos, que Deus te abençoe e te USE mais e mais ;*

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s