Faxina

Eu gostaria (e muito) de ser uma dona de casa exemplar (para mim).

É claro que tenho muito prazer em ver tudo arrumadinho, limpinho e cheirosinho  – quando minha amiga do lar vem a cada 15 dias. No entanto, o máximo que faço nesse intervalo de tempo é passar aspirador (porque meus cabelos insistem em dar mais cor ao porcelanato claríssimo e brilhoso do nosso chão, às pencas), e se houver alguma sujeira mais grossa (o que é difícil, já que a lei do casal 607 é tirar o calçado na porta, exceto visitas) passo um paninho úmido com o produto de limpeza e prontinho.

Só que não!

No primeiro mês de casados (há quase um ano, OMG!) eu ficava alouca porque queria deixar tudo muito limpo sempre, e perdia tempo de qualidade em fazer coisas substancialmente mais importantes. Afinal, trabalhar o dia todo, fazer faculdade, estar com meu marido e honrar os demais compromissos se tornam tarefas árduas quando se tem uma neura em manter tudo impecável. Simplesmente não dá, mesmo com ele sendo um super parceiro sempre pronto para ajudar. E eu admito, manter a casa um brinco de pérola polido não está no topo das minhas prioridades. É claro que (espero que) você que já foi lá em casa nunca viu o cafofo em estado de calamidade, o problema é que meu padrão de limpeza pessoal é alto, e não alcanço minhas próprias expectativas. Nem agora que trabalho apenas 6h por dia.

Mas nem tudo é martírio! Hoje em dia me preocupo muito pouco com isso. A moça vem, limpa vidros, armários, frestas, rodapés, banheiros, tapetes e mantemos tudo muito bem até a próxima quinzena. A firula foi para dizer que nem tudo são flores, e que no meu caso, não me culpo mais por não querer cultivar estas rosas lindas, mas com espinhos. No entanto, meu objetivo é melhorar sempre! Cuidar com amor do nosso lar!

Minha alegria é ver tudo arrumado, chão sem cabelos, cesto de roupa suja vazio, pia sem louças, roupas nos armários e nada de bagunça generalizada. Ademais, sei que ninguém mais percebe além de eu mesma (nem o marido!). E quando estou muito inspirada, tipo ontem, faço uma limpa nos papéis sem utilidade que inconscientemente vamos guardando, caixas de sapato vazias, espaços mal ocupados, roupas desalinhadas. E termino com o prazer de ter organizado e contribuído para que um apê qualquer fique com mais cara de nosso lar.

Sem contar que não paro de sonhar com o tanto de coisas que temos para fazer no apto esse ano. Tudo o que se possa imaginar de decoração, exceto móveis, está na to buy list. Já fizemos o planejamento financeiro de 2014 e vamos precisar de foco e disciplina para cumprir tudinho: complementar nosso lar, viajar, investir no que é eterno, aquisições e viver bem. Sem culpas! Com organização tudo é possível dentro de qualquer orçamento – até para os que tem salário de estagiário. Digam o que quiser, nós somos assim e funciona muito bem pra gente – não vivo mais sem a bendita planilha.

Inspirações para a home sweet home estarão muito por aqui, especialmente se forem low budget.
Beijos!

Ps. Quem quiser nossa planilha de controle de gastos e planejamento financeiro alouca é só pedir por email: taiane_machado@hotmail.com

Anúncios

Um comentário sobre “Faxina

  1. Oi Tai, tudo bem? adoro seu blog e sempre entro pra ler seus posts : ) obrigada por ser tão carinhosa com as palavras e dividir seus pensamentos com a gente, me identifico com várias coisas! rs

    Como no final do post você disse que podia, eu queria pedir a planilha de gastos e controle financeiro que você usam : )

    Muito obrigada!!

    Beijos

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s