Segredos de casais felizes

Texto traduzido de IBelieve.com – Para ler o original clique aqui.

” Se você procurar o bem, você vai achar graça , mas se você procurar por mal, ele vai encontrá-lo! ” Provérbios 11:27 ( NVI)

O casamento da minha querida amiga estava desmoronando; o coração de seu marido tinha se transformado em pedra. Durante anos, ele tinha amado sua esposa, mas nunca tinha conseguido demonstrar da forma que ela precisava. Sua insegurança aumentou. Ele finalmente acreditou que nunca poderia agradá-la, nunca a faria feliz. Infelizmente, ele se foi.

Apesar da profunda mágoa da minha amiga, ela tomou posse do que poderia mudar e seguiu em frente. Como ela reconhecia sua parcela de culpa, percebeu que desde os primeiros dias de seu casamento considerava apenas o pior de seu marido, ao invés do melhor.

Por exemplo, se ele dissesse algo que a magoasse, ela inconscientemente pensava: Ele sabia que ia me machucar mas disse mesmo assim. E não: Ele me ama, então não diria deliberadamente algo que me machucaria. Ou, pensava:  Se ele realmente me amasse teria feito isto. Mas, como ele não me ama…ele não fez.

No fundo, mesmo sem perceber, minha amiga pensava que seu marido não se importava. Mesmo que, durante maior parte do casamento, ele se importava e muito.

Você já acreditou que alguém não gostava de você baseado no que ele/ela fez ou disse? Eu já. Mas como seguidores de Cristo, precisamos nos perguntar: Estamos procurando pelo mal ou pelo bem?

Há um benefício em procurar pelo bem. Provérbios 11:27 nos diz que encontramos o que procuramos: “Se você procurar pelo bem, vai encontrar favor;  mas se procurar pelo mal, ele encontrará você!”.

Minha pesquisa confirma esta verdade. Passei os últimos três anos pesquisando os casais casados mais felizes para descobrir o que eles faziam de diferente. O que os faz tão felizes? Qual o segredo? 

De todas as minhas descobertas, uma se destacou como pré requisito para qualquer relacionamento: acreditar na melhor intenção da outra pessoa. Ou, para ser mais precisa, se recusar a acreditar no pior. Nos relacionamentos mais felizes, mesmo se alguém não conseguisse explicar exatamente o que aconteceu, eles presumiam que seus cônjuges ou amigos se importavam com eles e não tinham intenção alguma de magoá-los.

E normalmente esta é a verdade! Por exemplo, considerando as milhares de pessoas casadas que observei anonimamente, apenas uma pequena parte não se importava mais com seu cônjuge. E mesmo em alguns casamentos muitos difíceis, na maior parte do tempo, a mágoa não era proposital. Em casamentos felizes, o cônjuge ofendido escolhe acreditar nisso; em casamentos infelizes, eles não acreditam.

Para a maioria de nós, “procurar pelo bem” quando estamos sofrendo não é a resposta automática. É muito fácil tirar conclusões das intenções da outra pessoa quando nos sentimos assim. Mas isso só cria uma dor que é evitável! Sim, algumas vezes as intenções das pessoas que amamos não são boas. Mas na maioria dos casos, eles não querem machucar as pessoas que amam tanto quanto nós não queremos.

A escolha de procurar por uma explicação mais generosa pode não vir tão fácil no início. Mas, tente. Traga à memória o que você sabe ser verdade sobre essa pessoa. E uma vez que você perceber isso, e exercitar, que a “boa” explicação é normalmente a verdadeira, você se convence completamente que essa pessoa é com você, e não contra.

Melhor ainda, como o versículo acima explica, quando esperamos o melhor, damos nosso melhor. No fundo todos nós sabemos; só precisamos agir. E quando agirmos, tudo muda.

Senhor, obrigada por colocar pessoas em minha vida que se importam comigo. E obrigada por me mostrar Sua graça mesmo quando não a mereço.  Ajude-me a ter graça e ver os outros com os Seus olhos. Pelo poder do Seu Espírito Santo, me ajude a procurar pelo bom em todas as situações e não presumir intenções más. Em nome de Jesus, Amém. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s