“Faça o que você ama”

O dia a dia no universo corporativo me faz ponderar coisas que antes não corriam por meus trilhões de fios conectados.

Estive em duas semanas de pressão, estresse, expectativas, atitudes, exposição, coragem. Dor de estômago. Noites mal dormidas.

Não foi o fim do mundo.
Não foi uma promoção.

Foi a vida!

Talvez justificando minha ausência para mim mesma, mas quando tenho tanto, tanto, tanto para dizer, não consigo falar nada. Nem escrever! Aquela síndrome de terminar o relato e depois apagar tudo. A gente vê por aqui.

A verdade é que 2014 chegou chegando, e o Faça Tudo com Amor precisa acompanhar o ritmo!

O que tenho para hoje, é que encontrei o blog Contente, e com ele uma reflexão muito interessante que me fez ir além, até comprei o chapéu.

Adicionei alguns grifos e destaques, para ler a entrevista completa clique aqui.

“Vivemos em um mundo imperativo que a toda hora nos sugere com veemência o que devemos fazer para ter uma vida melhor. Seja você mesmo, ame o seu amor, faça o que você ama. Nas paredes das ruas e nos murais da internet, as frases se impõem a todo momento, nos incentivando a sermos mais completos e felizes. Mas esse mesmo incentivo, quando feito em excesso, também acaba nos causando uma certa angústia. Afinal, sabemos que a vida é feita também de vulnerabilidade e que ainda vamos falhar muitas vezes, por mais que a gente passe dia após dia em busca dessa satisfação total.

Não é todo mundo que pode, efetivamente, largar tudo e botar um mochilão nas costas (e aqui não faço nenhum julgamento moral sobre isso, é só uma questão de oportunidades e de classe), isso gera uma ansiedade absurda em quem já se sente oprimido pelo trabalho. O problema é que o que circula são sempre os casos bem sucedidos. De quem pediu demissão e inventou um negócio bem sucedido. De quem nunca trabalhou em uma firma e vive de frila, rodando o mundo enquanto escreve uma ou outra matéria. Mas o que eu sempre me pergunto é: quem pode, efetivamente fazer isso? Eu acho restrito, ingênuo e glamourizado. Porque amar o que você faz sempre vem acompanhado de ter dinheiro, morar em uma cidade incrível e cara e ser bem-sucedido. É um discurso de felicidade que, além de irreal pra maioria das pessoas, que não vivem de trabalhos criativos que podem ser feitos fora de uma empresa, traz um modelo de felicidade hermético. E acho que o que a gente precisa discutir de verdade é o que existe no trabalho tal como ele é organizado hoje, que nos faz abrir esse flanco entre produção e felicidade.”

Anúncios

Um comentário sobre ““Faça o que você ama”

  1. E a vida
    Ela é maravilha ou é sofrimento?
    Ela é alegria ou lamento?
    O que é? O que é?
    Meu irmão

    Há quem fale
    Que a vida da gente
    É um nada no mundo
    É uma gota, é um tempo
    Que nem dá um segundo

    Há quem fale
    Que é um divino
    Mistério profundo
    É o sopro do criador
    Numa atitude repleta de amor

    Você diz que é luta e prazer
    Ele diz que a vida é viver
    Ela diz que melhor é morrer
    Pois amada não é
    E o verbo é sofrer
    E a pergunta roda
    E a cabeça agita
    Eu fico com a pureza
    Da resposta das crianças
    É a vida, é bonita
    E é bonita

    Viver
    E não ter a vergonha
    De ser feliz
    Cantar e cantar e cantar
    A beleza de ser
    Um eterno aprendiz

    Ah meu Deus!
    Eu sei, eu sei
    Que a vida devia ser
    Bem melhor e será
    Mas isso não impede
    Que eu repita
    É bonita, é bonita
    E é bonita!!!

    É minha amiga, a vida é assim.. ja diria Luiz Gonzaga com tanta sabedoria. Então vamos cantar,a fase que passamos.. porque a beleza dos dias bons e intensifica após dias nublados!

    amo voce!!!!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s