Vacation 2016 – Day 4

Minha sogra trabalha duas vezes por semana para se ocupar um pouco e complementar a renda da aposentadoria, e segunda de manhã (02/05) seria uma dessas vez. Estaríamos sozinho com nosso Juke por Hannover!

Por nosso Juke, quero dizer o carrinho alien que alugamos pela semana na Alemanha:
IMG_7189

Nós alugamos pela categoria do golf automático, mas no dia estava indisponível e só tinha esse amiguinho bonitinho (!!!). Que eu saiba não tem esse modelo no Brasil, ele era super confortável, bonito por dentro, corria hororres…e gente, carro automático é vida! Mamata demais dirigir kkk No fim ficamos apegados a ele e desencanamos dos faróis alienígenas. Deu até dozinha de devolver.

Dica: se ficarem mais de 4 dias em uma cidade na europa e pretendem conhecer a região, vale MUITO a pena aluguel de carro (automático!), é uma liberdade gostosa – desde que você tenha GPS, ele te leva a QUALQUER lugar! #gpsfans

Com nosso bff GPS, partimos para o centro de Hannover em direção ao querido Ernst August Galerie, essa foi a dica da sogrinha para fazer boas compras.

IMG_7838

Como qualquer boa cidade alemã, Hannover estava cheia de obras e melhorias na cidade, novas linhas de metrô, restauração de prédio antigos e etc, mas nada de caos: era uma baguncinha organizada. Tudo bem sinalizado. Masss, como o GPS não identifica as obras, em algumas ruas não conseguíamos passar. Para chegar ao shopping passamos por um caso desses (de nos perdermos um pouquinho), nada que 10 minutos andando em círculos não resolvesse.

Bom, o shopping tinha todas as lojas que podem encher os olhos de uma mulher…e muito mais! Três andares enormes de lojas de marcas mundiais, nacionais, regionais…precisaria de um dia inteiro para conhecer tudo e olhar com a devida calma – tempo esse que turistas com objetivo de conhecer lugares e não gastar a alma em compras, não tem.

Tentei ser o mais objetiva possível – foi muito difícil! -, buscar peças diferentes que não encontraria por aqui ou peças que valessem a pena pelo valor. Exemplo: saia de EUR 3 = R$ 13,50; blazer de EUR 20 – R$ 84, entre outros. Sem contar as roupas básicas que variavam de 5 a 20 euros, mas como queria focar em coisas diferentes que não conseguiria comprar no Brasil, foi um sofrimento feminino consumista extremo. #pecadora

Comecei pela H&M, que já estava namorando há meses online. Acho que ficamos no máximo 1h30 na loja, entre escolher e provar – sim, sou a campeã da objetividade. A vontade era levar tudo! Tirei algumas fotos para mandar para a mamãe e azamiga quando chegamos em casa, a qualidade não está muito boa mas dá para ter uma noção:

IMG_7831
Esse vestido foi meu preferido de tudo! É um meia canela kkk Lindo!
IMG_7827
Blazer tradicional, mais cumpridinho para o trabalho. Tecido muito bom e corte lindo
IMG_7830
Blazer de primeira dama
IMG_7832
Cardigã longo com rachinho nas laterais (usei bastante em Portugal, ele vai aparecer depois)
IMG_7833
Outro cardigã cumprido, meia manga. Cor diferentona!
IMG_7834
Ela parece sem graça, mas esse tecido trabalhadinho fica muito bonito (usei em Londres!). Gostei tanto que peguei a preta também :)
IMG_7836
Não resisti a essa básica meia manga, o decote canoa é o charme!

Deixando uma parte do coração na H&M, fui atrás do bendito tênis branco que botei na cabeça que “precisava”. A princípio estava atrás do famosinho das blogueiras, Adidas e suas variações:

Mas, meu pézinho 38 já não é o mais fininho e delicado de todos, e não ficou bonito como no pézinho 35 delas. Até que rodando algumas lojas, encontrei esse Lacoste mais delicado e 40EUR a menos que o Adidas:

IMG_7837

Foi amor à segunda vista! Ele vai aparecer em 50% das fotos dos próximos posts kkk Como contei no último post sobre a viagem, revezei dois tênis para os passeios e uma bota para as viagens. Ou seja, ele veio ao Brasil com uso equivalente há uns 5 meses de saídas casuais, mas, valeu a pena.

A próxima loja foi a Primark, super conhecida around the world pelos preços baixíssimos. Bom, ali eu admito que fiquei tonta,  deu até dor de cabeça! Não sabia para que lado olhar, o que provar, já tinha perdido a noção do valor das coisas kkk Acabei levando só duas peças:

IMG_7825
A belezura de EUR 3
IMG_7826
A tradicional camisa jeans por EUR 8 (se não me engano)

E assim fechamos as primeiras compras na Europa. Notou que não tem nada para o Murilo né? Ele sempre com essa mania de “não estou precisando”, quando chega na hora de sair: “amor, não tenho roupa”. Tenho vontade de socar! Sempre fico insistindo pensando nas necessidades dele, mas ele acha que tem demais e quando vê, passa frio kkk

Minha sorte é que ele não se incomoda de ir em lojas, passear em shoppings e esperar pacientemente enquanto escolho, provo 100 peças e levo 2. A resposta sempre é: se você precisa, pode levar. Mas isso não se faz com uma mulher…sempre precisamos de algo! kkkk Melhor cia de compras ever :) Em meio a essa loucurada de lojas, paramos para almoçar e comer um prato típico:

IMG_7602
O famoso CurryWurst

Gente, tudo na Alemanhã é com salsicha. Esse prato, em outras palavras, é salsicha com molho curry + batatinhas, e estava uma delícia! Não parece, mas a salsicha é um salsichão e até dividimos a porção.

Saindo do shopping e da seção gastandoeuros, encontramos a sogrinha para conhecer o centro comercial de Hannover. Logo em frente encontramos a estação de trem:

IMG_7609
Hauptbahnhof de Hannover

Os alemães tem um amor inexplicável pelas estações de trens, todas as Hauptbahnhof’s que conhecemos são imponentes e atrações turísticas das cidades (Hannover, Berlim, Frankfurt, Hamburgo). É o lugar ideal para encontrar pessoas de outras regiões do país e de outros países também.

IMG_7606 IMG_7614 IMG_7623 IMG_7629 IMG_7652

Depois de muito caminhar, paramos para um café emergencial de recuperação de energias. Lugar gostoso para um fim de tarde…sem pôr do sol!

IMG_7666 IMG_7674

Esta foi a última foto do passeio pelo centro. Em plena segunda feira, 19h, esse cél azul lindo e muitas pessoas sorrindo felizes na rua: efeito do sol na vida dos europeus.

IMG_7684

Achamos que o dia estava encerrado, mas minha sogra ainda tinha um lugar especial para nos apresentar. Não sei o nome, mas é uma área residencial pertinho da casa dela, encantadora! Área pública, nada de condomínio fechado (inclusive, não existem garagens em Hannover, os jardins são abertos, os carros ficam na rua, a segurança desfila para todos os lados):

IMG_7724
Amor!
IMG_7786
Pensa acordar com esta paisagem?

IMG_7696 IMG_7700 IMG_7702 IMG_7705 IMG_7745 IMG_7787 IMG_7792

Enfim chegamos em casa para lá das 21h! Passamos no mercado antes, muuuuito diferente dos nossos brasileiros: você tem que levar sua sacola de casa, se quiser do mercado precisa comprar, os trocos são indescutivelmente corretos: 1 centavo é 1 centavo, 2 centavos são 2 centavos. Parece bobagem, mas, isso conta 1% da personalidade dos indobráveis e nada queridos alemães.

Por hoje é isso! Parece que já contei tanto e estou apenas no dia 2. Já dá saudades…
Beijos!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s